sábado, 23 de agosto de 2008

Até quando com as heresias...?


Se olharmos para o planeta Terra como uma fundamental peça de um grande jogo, compreenderemos que a combinação entre tantas outras peças é que permite que a gente avance, progrida, ainda que os dados lançados nem sempre permitam que o processo seja rápido. Quando se vê um jogo de cima,apto Se É para observar diante das regras,aonde ir e o que fazer,...até mesmo sabe-se a que ponto chegar para que seja necessário quebrá-las, e ainda que não existam objetivos ou vencedores,seu olhar alcança o Todo, o Tudo e então pode-se perfeitamente escolher para onde e com quem ir.
É apenas um jogo onde todos participam,cada um dentro de sua realidade construindo seu caminho. Mas...se seus olhos começam apenas a entender as limitadas minúcias, apenas as estabelecidas regras , o risco de andar para o lado "errado" é grande,e leva tantas vezes a tendências individuais, de realidades que mal se esperam e mal se encontram em si mesmas... A grande sacada em todo o grande e belo processo harmônico da vida é que uma hora você deverá voltar ao caminho,mesmo que desvie-se dele, um processo de correção tomará conta de você,seja você consciente ou não...Seja a realidade mental,racional, psíquica , física ou instintiva, comunitária e global, estão todas entrelaçadas à Consciência Espiritual, que permite um Coração Universal,que propicia a compreensão das diferenças,o movimento e a união de tudo aquilo que que foge a compreensão humana.
E então não mais julgamos,ou esperamos apenas ganhar,como mandam nossos medíocres instintos...mas sim aprendemos os velhos valores da tolerância,do respeito, da aceitação perante aquilo que É, seja como for, É, e Pode Ser, sem que homem nenhum aponte o dedo com suas sentenças inúteis. Seja lá qual for a pessoa que você escolheu ser neste jogo, não importa o que dizem as más línguas e os rotularadores de plantão : seja você homem,mulher, homossexual, gay, lésbica, religioso,ateu, espiritualista, pobre ,rico,classe média, pertencemos todos à condição humana e esta infame condição não nos permite julgar a ninguém ou coisa nenhuma, porque nos mantêm a parte da dança que o Universo e o organizador Maior nos propõe. Apenas supomos,e já bastam as tormentas provenientes de tantas suposições. Não é a toa que Shakespeare, imortalmente, lançou a máxima: "Herege não é aquele que arde na fogueira,mas sim aquele que a acende." Até quando iremos contra coisas instituídas com formas tão agressivas de encará-las?
Permita-se amar àquele que te incomoda, e então nascerá uma natural aptidão à evolução em seu ser.
Há uma continuidade da vida após qualquer morte, sejam às que enfrentamos aqui,nesta realidade terráquea, seja às que enfrentamos dentro de nós, tantos dias, que com urgência recorrem ao renascimento da visão perante uma situação e fato.
Reveja certos pontos de vista e inspire a mudança que o próprio caminho da humanidade está propondo,a todo e vertinioso momento. Tudo se torna melhor e mais leve quando mantemos nossa consciência,visão, sentidos e extra sentidos amplamente abertos.






3 comentários:

pcsolotto disse...

Its ok if the appearance of your blog is not good. The important thing is the topic or the content of your blog.

Samuel disse...

Gostei do seu blog, muito interessante!!!
Se quiser posso divulgar seus trabalhos no meu blog, tenho um menu espeçil lá que divulgo novos trabalhos, sites, blogs...
Visita se puder ok?
www.samueldossantos.blogspot.com
Beijos

Carolina Hahn disse...

Amiga eu so passei pra dizer q eu acho q vc deveria escrever um livro...ah! ja ia esquecendo...vc me lembra muito uma escritora q adoro chamada Clarice Lispector..kkkkkkkkkkkkkkk